Clube de Leitura

Palavras Entressonhadas

quarta-feira, 11 de Junho de 2014

Quando vou para a escola

Entrei na escola
Os meus amigos a chamar. 
Todos na brincadeira 
Todos a transpirar. 

Entrei para a sala 
Com todos a gritar. 
Vamos para a sala 
Temos que trabalhar. 

Tocou para sair. 
No intervalo já estão 
Todos a brincar. 

A professora chama-me 
Para na sala entrar. 
Quando dei por mim 
Já estava a falar. 

 “Huguiço” diz-me 
Tem cuidadão 
Não fales comigo 
Sou perigosão. 

O Diogo pergunta-me 
O que tens de meu? 
As aulas acabaram 
E eu digo adeus. 

Diogo Luz, nº 7, 5º C

quarta-feira, 14 de Maio de 2014

Abecedário sem juízo

A é o André, beber a água-pé


B é o Bruno, vai a fugir dum gatuno.

C é a Camila, com corpinho de gorila.

D é o Daniel, come lenços de papel.

E é a Ester, que nunca usa talher.

F é o Frederico, está sentado no penico.

G é o Gonçalo, já hoje levou um estalo.

H é a Helga, picada por uma melga.

I é a Inês, a dar beijos ao chinês.

J é o João, ratos dentro do pão.

L é a Luísa, vai para rua sem camisa.

M é a Maria, só dorme todo o dia.

N é o Norberto , que gosta de armar em esperto.

O é o Olegário, caiu dentro do aquário.

P é a Paula, tira bananas da jaula.

Q é o Quim, meteu a mão no pudim.

R é a Raquel, que se besunta com mel.

S é a Sara, com dez borbulhas na cara.

T é o Tiago, a pescar botas no lago.

U é o Urbino, que sofre do intestino.

V é a Verónica, tem a preguicite cronica.

X é o Xavier, usa roupa de mulher.

Z é a Zulmira, que na aula dança o vira.



Beatriz Morais PCA 2


Biografia de Alice Vieira